No ar 24 horas por dia

Centros olímpicos e paralímpicos de portas abertas para a população

Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

A Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) atualizou o programa dos centros olímpicos e paralímpicos (COPs), por meio da Portaria nº 256, publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta segunda-feira (7) que institui o projeto Esporte com a Comunidade. A medida tem como principal novidade a formalização do projeto que já funciona nas unidades esportivas, como forma de garantir sua continuidade legal e transparência.

Unidades do COP ampliam espaço para realização de eventos esportivos e de lazer; atividades culturais e sociais também estão incluídas | Foto: Divulgação/SEL

O projeto consiste na possibilidade de uso gratuito dos espaços esportivos dos COPs por entidades públicas e privadas, pessoas físicas ou jurídicas, inclusive em caráter complementar às atividades regulares ofertadas no âmbito do programa, desde que não interfiram nas aulas e atividades já oferecidas nas 12 unidades esportivas espalhadas pelo DF.

Iniciativas esportivas e de lazer agora podem, formalmente, usar o espaço físico dos COPs para treinamentos de atletas profissionais ou amadores, realização de competições esportivas profissionais ou amadoras, eventos esportivos de qualquer modalidade e atividades de lazer de modo geral.

Esporte para todos

A secretária de Esporte e Lazer, Giselle Ferreira, reforça:  “Nosso trabalho nos COPs tem como base a democratização da prática esportiva e do lazer para todas as pessoas, visando ao amplo acesso da população. Para isso, estamos sempre melhorando o serviço que entregamos e a infraestrutura de todas as unidades”.

Além de incentivar os conceitos, os princípios e os valores esportivos, a iniciativa assegura espaços seguros e com qualidade para o desenvolvimento das modalidades esportivas e de lazer. Ações interligadas às atividades culturais e sociais também podem participar do projeto.

Só neste ano, o Esporte com a Comunidade já atendeu mais de 218 projetos e praticantes de modalidades esportivas das comunidades locais de maneira geral. Pessoas interessadas em participar devem enviar solicitação por meio deste link.

fonte: Divulgação/SEL