escute ao vivo todos os dias!

Quadra coberta do Parque de Águas Claras ganhará iluminação LED

Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Melhorias, realizadas por meio de parcerias, também envolvem a preparação de área às margens do córrego para o plantio de 2.900 mudas

Sem dispêndio de recursos financeiros e por meio de parcerias, o Instituto Brasília Ambiental está fazendo melhorias no Parque Ecológico de Águas Claras – que envolvem iluminação e proteção das margens do córrego que dá nome ao parque.

A iluminação convencional da quadra coberta do parque está sendo substituída por equipamentos de LED. “É mais econômica e mais eficiente”, garante o agente de unidades de conservação que atua na administração do parque, José Reis.

“A melhoria resulta de parceria com o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios [MPDFT], por meio do Setor de Medidas Alternativas, que entrou com o material, e com a Novacap, que entrou com mão de obra”, explica. Após a iluminação, a quadra receberá pintura no alambrado e piso.

Plantio

Outra melhoria que está ocorrendo é a preparação de cerca de 300 metros de extensão em uma área às margens do Córrego Águas Claras para o recebimento de 2.900 mudas. Será plantada mata ciliar de galeria, que vai melhorar a proteção do recurso hídrico.

A ação de preparo começou no dia 16 de janeiro e o objetivo é finalizar o plantio em fevereiro. A iniciativa é uma parceria do órgão ambiental com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF).

O Parque Ecológico de Águas Claras possui uma área de 95,4 hectares. Tem em seu interior um córrego que forma uma lagoa no centro da unidade de conservação que deu nome à região administrativa e ao próprio parque.

A UC é contornada por longas trilhas, tornando-se ideal para a prática de corridas e caminhadas, além da contemplação da natureza e relaxamento à sombra das árvores ou à beira da lagoa. Possui também vegetação nativa do cerrado preservada, em especial a mata ciliar, além de áreas de reflorestamento. Recebe cerca de 60 mil visitantes por mês e está aberta diariamente das 6h às 22h.

*Com informações do Brasília Ambiental

Agência Brasília* I Edição: Débora Cronemberger