escute ao vivo todos os dias!

SLU promove Dia Sem Lixo para conscientizar população

Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

‌Data ocorre junto com o Dia do Gari, quando os profissionais de limpeza urbana estarão de ponto facultativo

O Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal (SLU) promove, na próxima terça-feira (16), o Dia Sem Lixo – um dia em que não haverá coleta e transporte de resíduos sólidos, nem varrição de áreas públicas. É que os profissionais responsáveis pela limpeza urbana das cidades estarão de folga, por causa do Dia do Gari, celebrado na mesma data.

O presidente do SLU, Silvio Vieira, afirma que não haverá o recolhimento de resíduos. Por isso, as pessoas não devem sujar a cidade e nem depositar o lixo fora de casa. “A ideia é chamar a atenção para a questão da limpeza urbana e para a valorização dos garis, que nunca param para manter o DF limpo e promover saúde para toda a população”, pontua. Os serviços serão retomados normalmente na quarta-feira (17), conforme o planejamento de cada empresa.

“Será um momento para refletirmos sobre o impacto do trabalho de limpeza urbana e também para valorizarmos os nossos garis, que são profissionais tão importantes na nossa sociedade. Portanto, no dia 16 de maio, mantenha o seu lixo dentro de sua casa ou comércio e deposite na rua apenas no dia seguinte”, enfatiza o titular do SLU.

O Dia do Gari foi instituído como ponto facultativo pelo governador Ibaneis Rocha no ano passado, exclusivamente para os trabalhadores da limpeza urbana. A profissão foi reconhecida nacionalmente em 16 de maio de 1976 e, desde então, a categoria luta por reconhecimento e valorização.

“O gari vai tirar folga no seu dia e, um ponto importante, só em Brasília. Isso começou aqui e espero que todos os trabalhadores de limpeza urbana do Brasil e, futuramente, do mundo, possam ser alcançados com esse benefício e serem valorizados pelo serviço que prestam para a sociedade”, avalia o diretor do Sindicato de Limpeza Urbana Terceirizada de Brasília (Sindlurb), Raimundo Nonato.

Há mais de dez anos trabalhando como gari, Ednaldo Cassiano, 48 anos, comemora o Dia Sem Lixo. Para ele, será uma oportunidade para as pessoas entenderem a essencialidade da categoria no dia a dia da cidade. “Assim que limpamos um lugar, em um instante volta a ficar sujo. As pessoas precisam respeitar o trabalho do gari e não jogar lixo no chão. É um dever de todos manter a cidade limpa”, pontua.

Conforme Instrução Normativa do SLU, as atividades dos contratos de coleta seletiva e de triagem realizados por cooperativas também não serão prestadas no dia 16 de maio. O objetivo é impedir o acúmulo de resíduos nas Instalações de Recuperação de Recicláveis, que funcionarão no sábado anterior ao Dia do Gari para manter a normalidade do recebimento e da triagem de resíduos.

No entanto, o ponto facultativo não se aplica aos servidores do órgão e não afeta o funcionamento das Usinas de Tratamento Mecânico Biológico, da Unidade de Recebimento de Entulhos (URE), do Aterro Sanitário de Brasília (ASB), e dos Pontos de Entrega Voluntária, conhecidos como papa-entulhos.

Festa

A comemoração do Dia do Gari já está garantida. Será no Distrito de Limpeza Norte, próximo ao Noroeste, das 8h às 13h. A programação terá lanche especial, música ao vivo, sorteio de prêmios, show de talentos dos garis com premiação, serviços de saúde, entre outras atrações.

fonte: Catarina Loiola, da Agência Brasília | Edição: Saulo Moreno

Agencia Brasília